Tostão & Guarany - 25 anos de Estrada
Tostão, já aprendeu a tocar violão de ouvido e a cantar desde criança. Seus pais tinham um conjunto no Rio Grande do Sul, que apresentavam-se em bailes e logo cedo conviveu com o mundo artístico. E já em Campo Grande, convivia com outros artistas que hospedavam-se no hotel de sua família, e muitas vezes tocava e cantava para que eles o ouvissem.

Aos 19 anos, formou uma Dupla com Aurélio Miranda, em Campo Grande-MS, e gravaram um disco LP pela Gravadora Califómia (SP) e em seguida, outro pela Continental-Chantecler (SP). Participou de inúmeros eventos como: Projeto "Prata da Casa", shows para Fundação de Cultura, Secretaria de Desenvolvimento Social, Prefeitura Municipal, e ainda em todo o Estado de MS e "Festa dos Estados" (RJ-1982), "Feira da Previdência" (RJ-1982), "Noite Sul- mato-grossense" (São Bemardo-SP-1982), show com Gonzaga, Gonzaguinha, Pepeu Gomes e Ney Matogrosso no Teatro Municipal de São Paulo-SP, show em Pedro Juan Caballero, em 1982, entre muitos outros.

Guarany, aos 13 anos de idade ganhou uma sanfona de 48 baixos e aprendeu a cantar ouvindo as músicas de Zé Correia e Dino Rocha. Começou a tocar em inúmeras festas, acompanhando seu tio Altair Rodrigues, o "Cheiro". Aos 15 anos, ganhou de seu padrinho, uma acordeon Todeschini de 80 baixos. Em seguida formou dupla com Lígia Mourão, o "Duo Canto Livre", acompanhado pela sanfoneira Itami. A dupla durou por 03 anos, porém não chegou a gravar. Participou e venceu o 10º Festival de Música promovido pelo Fasul na Vila Bonanza e no próximo ano, tirou o 2º lugar no mesmo festival.

Em 1983, se conhecem, e após cantarem juntos por acaso, decidiram formar a dupla "Tostão e Guarany". Gravam um disco compacto pelo "La Selva"- Gravadora Universal Records. Passam desde então a obter muito sucesso como artistas representantes da cultura sul-mato-grossense, apresentam-se constantemente em eventos e para públicos diferenciados, sempre com muito sucesso. Atualmente estão realizando shows por todo o MS e fora do dele. E para o ano que vem quando completarem 20 anos de estrada, esperam como forma de reconhecimento pela sua dedicação em levar o nome de nosso Estado em todos os rincões deste país, ter seu projeto aprovado por esta renomada comissão.

Por isso em 2003 os 20 Anos de Tostão e Guarany é uma atração a mais dentro do contexto musical em nossa região, que está sendo aguardado pelo seu público fiel e sua legião de fãs. E me congratulo em ser convidado a assinar mais esse projeto que abrilhantará meu currículo profissional.

E ainda prestigiar comemorar com jubilo a diversidade musical do Estado de Mato Grosso do Sul, dando oportunidade para garimparmos neste celeiro de talentos que compõe o “Menu Artístico” de nossa terra a pujança de nossas raízes.

Gratas homenagens regionais nos aguardam, para imortalizar e registrar através de edições via Internet a obra de nossos artistas com a revista Glogernet resgatando assim antigos e grandes intérpretes como também seus compositores, além de oferecer uma contribuição cultural à formação musical de nosso Estado.


Número 1 Studio - Audio Digital